Informações

Madeira e Angola estreitam laços e cooperam na integração da comunidade angolana na Região

O secretário regional da Educação, que detém a pasta das Comunidades, assinou hoje um protocolo de cooperação com o Cônsul Geral da República de Angola em Lisboa, Narciso Júnior. O objectivo passa por estreitar relações e possibilitar uma maior desburocratização de processos de integração de cidadãos angolanos na Região.

Na ocasião, Jorge Carvalho agradecer a disponibilidade do Cônsul Geral para estar presente na cerimónia e reforçou o papel que estes acordos podem ter no acolhimento de cidadãos estrangeiros na Região. “Estimamos que estamos a falar de uma comunidade que ascende a centenas de cidadãos. Podia ser uma pessoa apenas, mas o que é importante é que se estabeleçam estes laços de forma a darmos a melhor resposta para os cidadãos que vivem na Região”, frisou.

Por seu lado, Narciso Júnior mostrou-se satisfeito pela forma como a Região tem tentado integrar os seus concidadãos, que “são promotores da cultura angolana”. “As instalações físicas estão localizadas em Lisboa, mas há muitos cidadãos a residir na Madeira”, lembrou o Cônsul Geral, acrescentando que muitos tinham a necessidade de se deslocar à capital portuguesa para tratar de documentação relacionada com a sua estadia na Madeira.

Além disso, Narciso Júnior assumiu que a visita a solo madeirense tem servido para reuniões com representantes de Angola na Região, permitindo uma troca de ideia e partilha de projectos. Lembrou ainda o papel das associações na materialização das ideias dos Consulados, pois têm noção da realidade que as comunidades enfrentam.